logo_HECO_sem fundo_branco.png
Nome Branco.png

HORROR NO

CINEMA BRASILEIRO

1ª edição: CCBB — DF e RJ (2009)

2ª edição: Cinemateca Brasileira (2012-2013)

Mostra de filmes que reuniu, pela primeira vez, obras do período compreendido entre 1936 e 2009 em torno do gênero horror – em geral pouco analisado por críticos e historiadores do cinema brasileiro, mas incontestavelmente de grande apelo popular. Filmes em sua maioria raros, que traçam um amplo panorama do horror no Brasil. Foram exibidos 61 filmes no total, e confeccionadas 36 cópias novas em película 35mm para a segunda edição. O filme O Maníaco do Parque (2011) de Alex Prado, foi finalizado especialmente para a mostra.


Produção (1ª edição): Raoni de Freitas Alves Produção (2ª edição): Tharik Faia Pesquisa: Carlos Primati, Laura Cánepa Designer gráfico: Pedro Di Pietro Revisão de filmes: Gilza Veríssimo, Alex Vasques Montagem de negativo: Gilza Veríssimo Vinheta da mostra: Alexandre Britto, Eugenio Puppo, Marcelo Colaiacovo Coordenação e produção gráfica: GFK Comunicação Assessoria de imprensa: F&M ProCultura-RJ, Capta Comunicação-DF Transporte de materiais: TPK Express Livro: Concepção editorial: Eugenio Puppo Consultoria: Ruy Gardnier Direção de arte: Pedro Di Pietro Edição de textos: Bruno Zeni Produção editorial: Eugenio Puppo, Marcelo Colaiacovo Pesquisa de imagem: Eugenio Puppo, Marcelo Colaiacovo, Raoni de Freitas Alves Coordenação e produção gráfica: GFK Comunicação Revisão de textos: Marília Rodriguez Zanetti Colaboração: Alessandro Gamo, Alfredo Suppia, Carlos Primati, Felipe M. Guerra, João Carlos Rodrigues, Laura Loguercio Cánepa, Lúcio De Franciscis dos Reis Piedade, Marcelo Carrard, Sérgio Alpendre, Remier Lion, Rogério Ferraraz, Ruy Gardnier





Idealização: Carlos Primati

Produção executiva e curadoria: Eugenio Puppo

Coordenação de produção (1ª edição): Marcelo Colaiacovo

Coordenação de produção (2ª edição): Matheus Sundfeld